Pode parecer que não, mas não faz muito tempo que as mulheres começaram a adquirir sua autonomia financeira. Por muito tempo foi comum que as despesas da casa fossem obrigação apenas dos homens. Além disso, elas tinham muito pouco ou quase nenhum dinheiro para exercer o direito de consumo. Apesar da mudança na realidade de milhares de brasileiras, ser autônoma e exercer sua autonomia financeira ainda pode ser uma dificuldade enfrentada entre as mulheres. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas que visam incentivar a aquisição da sua autonomia. Afinal, as mulheres são capazes de tudo, inclusive de mudar sua própria realidade. Leia o post completo!

 

1- Primeiro passo: descobrindo atividades que te trarão renda

mulher utilizando ferramentas

produtos você pode vender. Esse passo requer autoconhecimento e criatividade, já que muitas vezes não reconhecemos os nossos próprios talentos. Nós, da Loja do Paulo, queremos te ajudar nisso. Por isso, selecionamos abaixo uma pequena lista de coisas simples, que talvez você saiba fazer e que sejam uma oportunidade para ganhar dinheiro. Acompanhe:

 

Pequenos reparos em casa: Já pensou oferecer o serviço de “marido de aluguel” ou melhor “esposa de aluguel” ? Muitas mulheres estão entrando no ramo de oferecer serviços de pequenos reparos para casa. Ajudar a trocar lâmpadas, serviços gerais como desentupir pias, vasos, encanamentos, reparos ou montagem de móveis ou instalação de estantes entre outros. Muitas dessas missões são fáceis de fazer e possíveis de serem aprendidas com um clique na internet. Existem milhares de vídeos com tutoriais passo a passo para execução de tarefas e pequenos reparos em casa. 

 

Artesanato: As possibilidades aqui são infinitas. Você pode vender panos de prato bordados, tapetes, roupas de produção artesanal, lenços, produtos de crochet, enfeites entre outros. Se você tem habilidades manuais e “jeito” para arte, este pode ser o seu caminho.

 

Alimentação: Se você é cozinheira de mão cheia, talvez, esta é a hora de mostrar seu talento para o mundo. Venda bolos, sanduíches, compotas, geléias, biscoitos ou quentinhas. 

 

Serviços em jardinagem e outros: Talvez você se dê bem no cuidado das plantas. Já pensou oferecer serviço de jardinagem? Cuidar da horta, podar e regar as flores, arar a terra… tudo isso precisa ser feito e muita gente não possui o tempo necessário para se dedicar ao quintal. 

 

2- Para toda autônoma é legal ter um fundo para começar

 

Começar do zero é desafiador, porém, não impossível. Ter um dinheirinho para começar é importante pois é ele que vai te dar base para comprar produtos e equipamentos necessários para deslanchar o seu negócio. Caso você não tenha essa possibilidade comece vendendo os seus produtos e serviços da forma possível para você, o lucro pode ser aplicado para melhorias depois. Às vezes perdemos muito tempo esperando que tudo esteja certo para começar. Aceitar riscos e empreender pode ser o incentivo para que você não largue mão do seu sonho antes mesmo de começar. 

3- Divulgando o seu talento…

microoempreendedora autonomia feminina empoderamento

Além de fazer um bom trabalho, será necessário divulgá-lo para que outras pessoas conheçam e confiem no seu produto. Para isso, utilize as redes sociais para te dar uma mãozinha. Além de serem gratuitas, as redes sociais como facebook e Instagram são ótimas para isso. Faça um perfil exclusivo para a sua empresa e incentive os clientes a compartilharem comentários positivos sobre os produtos. Por exemplo, se você vende bolos, crie um perfil com o nome da marca, vamos supor “Bolos da Lilian”, e compartilhe fotos e vídeos dos deliciosos bolos que você produz. A ferramenta Canva  pode inclusive te ajudar a bolar uma logo do zero de forma descomplicada e gratuita. Vale a pena conferir! 

 

4- Seja autônoma, mas sempre pensando no seu futuro…

 

Caso o seu serviço se enquadre nas categorias disponíveis na lista de Micro Empreendedor Independente (MEI) é válido separar um momento para organizar os documentos que legalizam o seu negócio. Entre as vantagens de ser MEI estão a possibilidade de seguro maternidade e aposentadoria. Em diversos canais do YouTube você encontra o passo a passo para regularizar a sua situação de forma descomplicada. 

5- Botando a mão na massa:

mulher costureira autônoma empreendimento empreendedorismo

Agora que você já possui um guia essencial para se tornar uma autônoma, tenha coragem e bote a mão na massa! Nós, da Loja do Paulo, acreditamos que as mulheres são forças motrizes da sociedade. Elas fazem e enfrentam o que der e vier. Cozinham, cuidam, plantam, e tudo, é claro, com muito amor e coragem. Vocês são capazes de tudo. Feliz Dia Internacional das Mulheres!